Mão de vitela com grão:O Galito

Esta semana fomos visitar um restaurante que em Lisboa, que com uma história e um património familiar riquíssimos, se dedica há várias gerações a cozinhar os melhores sabores do Alentejo. Foi no restaurante O Galito que esta semana provámos um dos clássicos da gastronomia portuguesa, a Mão de Vitela com Grão.

A história família Galito na restauração começa na Aldeia da Serra, em Serra d’Ossa, no Alentejo, de onde são naturais. D. Gertrudes, casa-se com o Sr. Miguel Galito e é com uma tia-avó dele que aprende “a mão” para a cozinha. Ensinamentos passados oralmente, à frente dos tachos, e que a D. Gertrudes foi aperfeiçoando ao longo da vida. A taberna que tinham cresce, tornando-se num grande restaurante, procurado por gentes da terra e de fora.

Para o filho de ambos, o Sr. Henrique queriam outra vida, pelo que este vai para Lisboa para seguir outra carreira, mas o gosto pela área já lá estava, e sempre continuando ligado ao negócio familiar, ao fim de muitos anos, acaba a trazer os pais para Lisboa, onde passado algum tempo começam outra fase desta história. (Pelo meio, ficam alguns passos, noutras paragens, que uma história tão rica não se resume num parágrafo!). Assim, nasce o primeiro Galito em Lisboa, num espaço exíguo onde se serviam os petiscos preparados pela matriarca desta família, e que foi cimentando sucesso junto dos muitos clientes que reclamavam um espaço maior e com condições para se poder degustar com tempo os pratos de uma gastronomia que pede vagar.

Mudam-se então para o espaço que hoje ocupam, uma sala não muito grande, ali bem perto do primeiro Galito de Lisboa, com uma considerável garrafeira, que gere com a ajuda do filho mais velho, Daniel e onde os ensinamentos que aprendeu com a mãe, o Sr. Henrique procura passar ao filho mais novo, Leonardo, depois deste ter feito um curso de cozinha onde procura cimentar com a técnica o que sempre viu a avó fazer.

Mão de vitela com grão:O GalitoO Prato Português escolhido para nos apresentar, a Mão de Vitela com Grão, é um dos muitos que são procurados pelos clientes habituais. Reclamando se por algum motivo ele não é servido nos dias habituais e um dos poucos pratos de vaca que nesta casa se preparam. “Preferimos fazer com vitela, porque é mais gostoso, mais tenro e que ganha melhor o sabor do cozinhado”, conta-nos Leonardo, ao almoço. “É um prato que vai apurando ao longo do dia, os primeiros clientes provam de uma maneira e é um pouco diferente ao final do serviço.”

Veja mais fotografias aqui

O vinho escolhido para acompanhar esta refeição foi um tinto alentejano, feito unicamente com a casta Touriga Nacional. É um vinho encorpado, com uma cor intensa e prazerosa, que faz frente aos sabores apurados deste prato, puxando pelo sabor fumado da linguiça e de um refogado denso e gostoso onde se funde a mão de vitela.

Os dois jovens membros desta família sentem os desafios da modernidade. Como actualizar receitas que funcionam tão bem há anos e anos? Como dar um cunho pessoal a um projecto tão marcadamente familiar? É um percurso a ser feito, em consenso familiar e que esperamos assistir nos próximos anos desta história e que sabemos já que será bem sucedido, mantendo viva a chama da família Galito durante muitos e muitos anos.

Restaurante O Galito
Rua da Fonte 18 – D
1600-458 LISBOA
+ 351 217 111 088
http://www.facebook.com/restaurante.ogalito?fref=ts

Um comentário a Mão de vitela com grão:O Galito

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *